O Computador – Hardware e Software

Software – conheça as diferentes modalidades:

Saiba mais: O termo software foi criado na década de 40, sendo um trocadilho de hardware, que em inglês significa ferramenta física.
Software é tudo o que faz o computador funcionar (que não seja a parte física).

Software
É a parte lógica do sistema.
Conjunto de programas a utilizar num sistema de computador para assegurar seu funcionamento, integrar os seus diversos componentes e responder às necessidades dos usuários.
Os programas são um conjunto de instruções sequenciais que orientam um sistema de computador na execução de passos que conduzem a um objetivo final.

Os softwares podem ser:

Firmware
Programas importantes para o computador, e que pela necessidade de maior velocidade de execução são colocados em memórias só de leitura (ROM).

Shareware
Programas que podem ser experimentados durante um período de tempo.
Após esse período de teste, deve ser pago ou descartado.

Freeware
Programas que podem ser copiados e usados sem qualquer custo ou limitação.

Vaporware
Software que tem sua data de apresentação adiada inúmeras vezes, e que nunca chega a entrar em produção.

Adware
É um tipo mais recente, que se popularizou com o surgimento da internet.
Os softwares são gratuitos, mas trazem junto algum tipo de publicidade.
O desenvolvedor por oferecer uma versão paga, sem as propagandas embutidas.

Tipos de Softwares – existem vários tipos. Vamos conhecer quais são:

Sistema operacional (S.O)
É ele que nos dá a opção de dizer ao computador o que fazer.
Agrupa os programas que permitem o reconhecimento do hardware, seu funcionamento, e dialoga com o usuário.
Ex: Windows e Linux.

Evolução dos S.O

  • Décadas de 40 e 50: Os computadores não possuíam memória para armazenamento de programas, que realizavam todas as tarefas para controle de computador.
  • Década de 60: Aumentou a eficiência dos computadores. Introdução do programa em memória principal.
  • Década de 70: Aumento da potência e da utilização dos computadores. Surgiram dos sistemas operacionais e linguagens de programação.
  • A partir da década de 80: Evolução do hardware traz novos tipos de aplicações para o usuário.

Aplicativos
Programas que são utilizados na execução de tarefas específicas.
Podem ser definidos como programas que facilitam o desempenho de atividades práticas do usuário, no computador ou até mesmo em telefones celulares.
Existem várias categorias, como aplicativos de entretenimento, comercial, música, educação.
Ex: processadores de texto (como o Word), navegadores de internet (como o Firefox), etc.

Linguagem de programação
É um meio de comunicação com o computador e tem como finalidade o desenvolvimento de outros programas e sistemas.
É um conjunto de palavras ou símbolos que colocados seguindo algumas regras significam operações a ser realizadas pelo computador.
Agrupa os programas que permitem a construção e desenvolvimento de mais software.
É com ele que o programador pode desenvolver sistemas, como por exemplo, contábeis, de administração, controle de venda/compra, etc.

Tipos de linguagens de programação:

  • Linguagem Máquina: próximo do modo de funcionamento interno do computador, trata de sequências de zeros e uns. É uma linguagem rápida, mas é sujeita a erros e pesada para o programador.
  • Linguagem Baixo Nível: essa linguagem, denominada assembly, é mais flexível, mas ainda está sujeita a muitos erros e é muito trabalhosa.
  • Linguagem Alto Nível: é o meio de programação mais difundido e é próxima da linguagem comum. (Ex: Java, BASIC).
  • Linguagem Médio Nível: possui características de linguagens de alto e baixo nível. (Ex: C, C++).

Linguagem de programação
Dependendo da linguagem de programação, é necessário o uso de um tradutor que faça a passagem do programa o código de máquina.
O texto que compõe o programa é chamado de “código fonte” ou “source”.

Existem dois tipos de tradutores:

  • Interpretador: trata uma instrução de cada vez. Lê a instrução, converte em linguagem de máquina e executa-a e passa para a instrução seguinte, repetindo o processo.
  • Compilador: trata todo o conjunto de instruções numa dada linguagem e converte-o num programa executável.

Técnicas de processamento

  • Monoprogramação: um processo é executado por vez.
  • Multiprogramação: mais de um programa é executado na memória principal.
  • Time Sharing (tempo compartilhado): técnica utilizada para alternar entre diferentes processos de modo que o usuário os perceba simultaneamente.
  • Monoprocessamento: sistema que possui um único processador.
  • Multiprocessador: sistema que possui mais de um processador.
  • Tempo Real: O resultado correto deve ser dado no tempo previsto. Ex: controladores de aviões, sala de controle de usina nuclear.

Você sabia que existem várias gerações de softwares?

Gerações de softwares

  • A 1ª geração foi a Linguagem de Máquina: linguagens de baixo nível (mais próximas da máquina);
  • A 2ª geração se caracteriza com a criação dos Sistemas operacionais, com a linguagem simbólica e os tradutores;
  • Na 3ª surgem as Linguagens de alto nível, orientadas para o procedimento, e os compiladores. (Ex: COBOL, Pascal, BASIC,…).
  • A 4ª geração foi com as Linguagens Lógicas: orientadas para o objeto, usuário indica o que fazer, sem necessidade de dizer como fazer. (Ex; C, C++, Delphi).
  • Já a 5ª iniciou com a Inteligência Artificial: bases de conhecimentos nas quais as linguagens fazem deduções e tiram conclusões baseadas nos conhecimentos. (Ex: robótica, realidade virtual).

6 comentários

  1. jose

    gostei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *