Como Utilizar a Crase Corretamente

A CRASE
O QUE É

A palavra “crase” tem origem grega e significa “fusão”, “mistura”. Na língua portuguesa, a palavra “crase” significa a junção de duas vogais idênticas (a + a). A crase é indicada pelo acento grave (`). Entenda: A crase não é um acento. O acento grave não é a crase em si, é sua representação.
QUANDO ACONTECE
O “a” craseado vai aparecer quando houver a junção entre o “a” (preposição) e o “a” (artigo ou pronome demonstrativo). Para saber quando há crase é importante conhecer a regência dos verbos e nomes para identificar se exigem ou não a preposição “a”. Conheça as regras de ocorrência de crase:
Quando o verbo ou o termo regente exigir preposição para ser ligado ao complemento e este complemento aceitar artigo feminino.
Exemplos: Vou a + a praça = Vou à praça. Ele obedece a + as leis = Ele obedece às leis. Sou grato a + a comunidade = Sou grato à comunidade.

A qual, as quais, a que
Usa-se crase com estes pronomes relativos quando o verbo ou termo regente exigir a preposição “a”.
Exemplos: A casa à qual ele se referiu é aquela. Sua bolsa é igual à que comprei.

Aquela, aquele, aquilo
Usa-se crase com estes pronomes demonstrativos quando o termo regente exigir preposição.
Exemplos: Aluguei aquela casa (alugar não exige preposição, portanto não há crase). Pedi ajuda àquela pessoa. Fui àquele teatro. Refiro-me àquilo.

“À moda de” ou “à maneira de”
Mesmo que a expressão “à moda de” estiver subentendida usa-se crase.
Exemplos: Quero frango à passarinho. Tinha sapatos à Luís XV.

Locuções adverbiais, prepositivas ou conjuntivas femininas.

9 comentários

  1. ADERVAL

    MUITO BOM.

  2. jozanileia

    este curso chegou na hora certa,pois vou fazer um concurso brevimente e nunca acertei uma questão sobre crase.

  3. Eufrânio

    Ótimo…!

  4. Simone Vitoria

    Gostei muito….pratico e simples!

  5. Na minha página, assim compartilhei o idealgratis.com: “Apesar da linguagem cifrada aceita e usada no Face, no MSN e assemelhados, ainda acho importante saber escrever um português razoavelmente correto. O que se vê nos concursos de acesso a colégios, universidades, empregos públicos etc é o idioma pátrio sendo assassinado sem dó e consideração. O site dá dicas quentes. Bom proveito!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *