Como Utilizar a Crase Corretamente

QUANDO A CRASE É FACULTATIVA / OPCIONAL
Há casos em que o uso da crase é opcional. Veja!

Antes de Pronomes possessivos femininos
Exemplos: Eu me dedico as/às minhas atividades. Ele falou a/à sua prima.

Antes de Nomes próprios femininos

A crase é facultativa quando usamos nomes próprios femininos.
Exemplos: Enviei a Sílvia ou enviei à Silvia.
Mas não existe crase se não há intimidade.
Exemplos: Referiu-se a Joana D’Arc.

Depois da preposição “até”
Pode-se usar crase se o verbo exigir a preposição “a”. É o único caso onde podemos usar crase depois de preposição.
Exemplos: Ela foi até a sala ou ela foi até à sala. Vou até a praia ou vou até à praia.

Alguns nomes de lugar
A crase é facultativa diante dos seguintes nomes de lugar: Europa, Ásia, África, França, Inglaterra, Espanha, Holanda, Escócia.
Exemplos: Vou a (ou à) Europa; não a (ou à) África.

9 comentários

  1. Cadinho

    Agradeço ao site e toda a sua produção ! É de total expressividade clara e objetiva os ensinamentos aqui levantados e apresentados, pois a exemplo da maioria dos comentários, podemos constatar que o absolvimento está acontecendo com facilidade e satisfação ! Torna-se plausível a prestação de serviço deste site ! Obrigado !

  2. MARTA

    AMEI O CURSO RAPIDO E PRATICO MUITO BOM MESMO VALEU!

  3. BERNADETE

    Muito bom o conteúdo.

  4. RUBEM

    BOM RAPIDO E SIMPLES MUITO BOM VALEU …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *