Regras de Sinuca

Artigo 6º – DO RETORNO E POSIÇÃO DAS BOLAS

1. Se, ao retornar uma bola ao jogo sua marca estiver ocupada, ela será colocada na marca desocupada “de maior valor”. Se todas estiverem ocupadas, será colocada no “ponto neutro”.

2. Mesmo não estando identificado no campo de jogo, subentende-se que o ponto neutro está localizado no arco do semicírculo “D”, coincidindo com a linha longitudinal.

3. Quando retornam ao jogo duas ou mais bolas simultaneamente, terão preferência de colocação aquelas de maior valor.

4. As bolas que retornarem ao campo de jogo por sua própria impulsão, após seu encaçapamento, serão consideradas como não convertidas.

5. Colocadas uma ou mais bolas em jogo e, após a tacada seguinte ou início da partida, verificar-se que estão em marca errada ou fora das mesmas, elas permanecerão nessa posição e não haverá penalidades.

6. Quando uma bola for tocada ou movimentada acidentalmente por contato provocado por pessoas ou elementos estranhos ao jogo, comprovadamente contra a intenção do jogador, o árbitro retornará a(s) bola(s) à sua(s) posição(ões) original(is), o mais fielmente possível, dará prosseguimento normal à partida, ignorando a ocorrência, e não permitirá a alteração da cantada e/ou intenção inicialmente proposta.

7. Se uma bola movimentada parar na “boca de caçapa” e vier a cair algum tempo depois, sem qualquer toque, as seguintes situações serão registradas:
a. se não foi caracterizada a finalização da ação do atleta que jogou, a bola que caiu será considerada como resultante da jogada do próprio, que retomará sua tacada em continuidade normal ou será penalizado por falta, se for o caso;
b. caracterizada a transferência de direito à tacada para o oponente, ou se este já efetivou sua tacada em outra bola, e a primeira vier a cair sem toque, o árbitro a recolocará em sua posição original, o mais fielmente possível, mesmo sendo vermelha e/ou a tacadeira, não determinará falta e este jogador continuará sua tacada regularmente;
c. se o adversário iniciou sua tacada, com o movimento da tacadeira visando a bola “na boca”, e esta(s) vier(em) a cair antes da branca tocá-la, o árbitro recolocará as bolas em suas posições originais, o mais fielmente possível, mesmo que a visada seja vermelha, não determinará falta e este atleta retomará sua jogada regularmente.

8. Não haverá falta quando uma bola colada à branca se movimentar involuntariamente quando esta receber a tacada, por defeito de mesa ou pano, situação comum junto às marcas das bolas.

14 comentários

  1. Erivaldo

    tinha apenas uma bola para eu matar e o adversario só tinha a bola 8 ou útima matei a minha porem o oito caiu na mesma tacada ganhei ou perdi a partida? desde já obrigado.

  2. ALEX

    CAASO EU TENHA UMA BOLA MINHA E UMA DO ADVERSARIO E A 8 AI DOU UMA TACADA MATO MNHA BOLA E A 8 NA MESMA TACADA QUEM VENCE O JOGO

  3. Renan Motta

    Ocorrido – Meu amigo estava na bola 8 e eu estava com 2 bolas, ele matou a minha bola e a 8 na mesma jogada. Devido a matar a minha bola paga com mais uma correto? Como na mesma jogada matou a 8 eu ganho o jogo?

  4. Eu deixei a preta na boca, meu adversário está na última bola antes da preta, o mesmo matou a dele e sem querer a branca na volta bateu na minha preta, quem ganhou a partida se ainda teoricamente não era a vez dele?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *