Monte sua câmera fotográfica

Introdução ao curso de montagem de câmera fotografica:

A máquina fotográfica pinhole (do inglês “pin hole” = furo de alfinete) foge à regra por ser produzida através de elementos artesanais simples, que nada fazem lembrar uma câmara fotográfica convencional.

Seu aspecto duvidoso vem, em princípio, da ausência de lentes. A câmara pinhole não possui objetivas, tendo em lugar delas um minúsculo orifício (pinhole) por onde a luz é captada para dentro. O resultado são imagens únicas, características próprias de uma pinhole e diferentes de tudo o que você já viu.
Com o advento da Internet, foi possível perceber o enorme interesse que este tipo de fotografia desperta em todo o mundo e o quanto esta idéia vem se propagando.
A gente sabe que máquina digital é um barato. E que a melhor parte de tirar fotos com ela é que você pode ver as imagens logo em seguida. Mas, o que elas têm de legais e sofisticadas também têm de caras, né? Então que tal fazer, você mesmo, uma câmara em casa? Essa máquina se chama pinhole , que em português quer dizer furo de alfinete.

A pinhole pode ser feita com uma lata de leite em pó. No textinho aí embaixo, explicamos tintim por tintim como você pode fazer a sua. Depois de pronta, a câmara fica fechada, com um buraquinho feito com uma agulha. Esse buraco será o que chamamos de diafragma e é ele que vai controlar a quantidade de luz que entra na pinhole .

Com uma máquina fotográfica comum, a gente aperta um botão. Ele faz com que a máquina, que também é escura por dentro, abra um buraquinho, o seu diafragma. Por esse buraquinho, vai entrar luz. Como o filme que está lá dentro é modificado no contato com a luz, ele vai gravar a imagem que estiver na frente dele.

Com a pinhole é parecido. Só que em vez de filme, vamos usar papel fotográfico, que também é modificado pela luz. No momento em que deixarmos a luz entrar pelo buraquinho, ele vai gravar a imagem que estiver em frente.

Como o papel fotográfico é alterado pela luz, saiba que você nunca pode mexer nele na claridade para não estragar sua foto. Quando for colocá-lo dentro da lata, faça isso em um local totalmente escuro. O papel deve ser colocado dentro da pinhole , em frente ao buraquinho.

Lata bem fechada, hora de tirar a foto. Para isso, é só destampar o buraquinho e deixar a luz entrar. Se você estiver em um dia de muito sol, ao ar livre, cinco segundos com o furinho aberto bastam para registrar a imagem no papel. Se estiver na sombra, esse tempo tem de ser maior. Por isso temos que testar. A latinha deve ser posicionada em um lugar firme, como uma cadeira, e o furo não pode ficar virado para o sol.

Depois que você tiver feito a foto, não abra a latinha. Você pode levá-la fechada para um laboratório, para que o papel fotográfico seja revelado. Ou ainda tirar o papel da pinhole com o mesmo cuidado que teve ao colocá-lo, sem nenhuma luz. Guarde-o em um plástico preto, dentro de uma caixa fechada, onde não entre um fio de luz sequer. Assim você pode fazer outras fotos e levar todas juntas para revelar. As primeiras tentativas podem não dar certo, mas o legal é continuar testando.

Antes de darmos início à questão principal que é a produção de imagens fotográficas por um processo alternativo, vamos fazer uma pequena introdução, buscando entender o princípio básico da fotografia que é a câmara (ou câmera) escura. Quando falamos em câmara escura, estamos nos referindo a um espaço interior, um compartimento fechado. Uma câmara escura pode ser, por exemplo, um quarto fechado, uma caverna, uma caixa ou mesmo o interior de uma lata. A luz procedente de um objeto iluminado e que, através de uma pequena abertura, penetra o interior de uma câmara escura, reproduz lá dentro, em sua parede oposta à abertura, uma imagem invertida deste mesmo objeto.

8 comentários

  1. joelma

    Há muito tempo queria fazer esse curso.Mas não tinha oportunidade,agora vou agarrar essa oportunidade.obrigada pela chance.

  2. Magda

    Há tempos procurava informações sobre cursos gratuitos de fotografia, mas para a minha surpresa, encontrei algo muito além da minha expectativa: A montagem de uma câmera pinhole, não só vou fazê-la mas também colocar em prática esta técnica de se fotografar. Parabéns.

  3. Luanny Kethry

    Adorei a matéria… muito interessante… eu não fazia a menor idéia que isso existia!!!rsrsr.
    Parabéns para quem deixou esse texto aqui pra gente tentar fazer a camera de Pinhole e tentar aprender mais sobre essa arte que é fotografar……………..
    Abraço…….
    Qualquer coisa entrem em contato: luannynike@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *