Manual de etiqueta

Regras de etiqueta

Fale baixo – a tendência das pessoas é elevar o tom de voz.

Evite assuntos particulares em público – a conversa pode deixar as pessoas constrangidas.

Dê preferência à conversa ao vivo – valorize aquele que está na sua frente e deixe para conversar pelo celular depois.

Nos restaurantes, não fique papeando – há pessoas que desejam fazer a refeição em paz.

Retorne as ligações – se alguém deixar recado na caixa postal, não se esqueça de ligar de volta.

Escolha bem a campainha – os ringtones(toques de celular)  refletem seu estado de espírito. Portanto, escolha bem. E cuidado com os tons engraçadinhos.

Atenção ao horário – só ligue de madrugada para alguém se for algo muito urgente.

Desligue o aparelho nas reuniões de negócio – se tiver esperando uma ligação urgente, avise os participantes e deixe o aparelho no modo vibratório.

Respeite a platéia e o artista – nas salas de cinema, teatro, espetáculos nunca atenda o telefone.

Preserve o silêncio nas bibliotecas e museus – as pessoas precisam se concentrar.

Não atrapalhe médicos e enfermos – evite usar o celular nos consultórios e nos hospitais.

Nas ocasiões fúnebres e ambientes religiosos, esqueça o celular – Respeite a fé e a dor alheia.

Espere desembarcar do avião – só ligue o celular no saguão.

Procure guardar o celular no bolso ou na bolsa – é melhor que deixar o aparelho à mostra.

Pergunte se a pessoa pode atender – antes de começar a falar, veja se a pessoa pode falar.

Peça autorização para fotografar – os celulares com câmera embutida são populares, mas não se esqueça de pedir para clicar. K.A.

51 comentários

  1. Simone

    gostei muito me ajudou demais!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *