História da Arte Brasileira

Dois nomes importantes para o sucesso na realização da SAM foram Paulo Prado e Graça Aranha. Paulo Prado era um mecenas descendente de uma importante e abastada família paulistana de cafeicultores e investidores. Graça Aranha foi diplomata e na época já era um renomado escritor, membro da Academia Brasileira de Letras. Paulo foi importante para conseguir patrocínio para alugar o Teatro e o apoio de Graça Aranha deu seriedade ao grupo modernista.

Conheça alguns dos artistas que formavam esse grupo modernista: os arquitetos Antonio Moya e o polonês Georg Przyrembel, o escultor Victor Brecheret (ítalo-brasileiro), e os desenhistas e pintores Anita Malfati, Di Cavalcanti, John Graz, Zina Aita, João Fernando de Almeida Prado, Ignácio da Costa Ferreira e Vicente do Rego Monteiro, entre outros.

Como escritores e poetas, destacaram-se os nomes de Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Graça Aranha, Ronald de Carvalho e os irmãos Guilherme e Tácito de Almeida.
Para o repertório musical, Heitor Villa-Lobos preparou três diferentes apresentações para os dias da exposição. A pianista Guiomar Novaes, já reconhecida mundialmente, foi das poucas artistas que não foi vaiada pela plateia paulistana. Ela interpretou obras de Debussy. Ernani Braga e Frutuoso Viana também participaram da Semana de Arte Moderna, mas sem composições próprias.

Tarsila do Amaral e Manuel Bandeira não estavam presentes no evento (ela porque estava em Paris e ele porque estava com tuberculose), mas ambos eram ligados ao movimento. A pintora tem obras que representam os ideais do movimento modernista e o poema “Os Sapos”, de Bandeira, foi declamado por Ronald de Carvalho na segunda noite do evento.

3 comentários

  1. que bom que hoje as pessoas podem conhecer as estórias do brasil em qualquer lugar do mundo excelente parabéns. olha ai garotada ta mesa.

  2. Adorei, conteudo muito bem elaborado.

  3. Conteúdo muito bom, para estudantes e veteranos já desatualizados como eu gostei bastante deste curso podem conferir é ótimo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *