Curso – Melhore sua Aparência Física

O modo de andar

Se é mulher, talvez lhe tenha acontecido olhar invejosamente para essas criaturas que povoam os aeroportos, os escritórios e, claro, os salões da moda, e
que parecem andar com um graça etérea, com os corpos em harmonia perfeita, os movimentos fluindo aparentemente sem qualquer esforço e transmitindo uma mensagem de serenidade total .


Se é homem, deve ter alguma vez admirado a forma como um rapaz jovem, andando ao seu lado ou do outro lado da rua, parece emitir uma sensação de
descontracção e confiança, ter-se sentido constrangido e desastrado em comparação com ele.
O modo de andar diz muito acerca de quem somos. Pode ser apressado ou arrastado, agitado ou suave, pesado ou leve, desastrado ou confiante, etc.
E, por isso, a mensagem transmitida pelo o seu modo de andar deve ser tomada muito a sério!

EXERCÍCIO: O ANDAR IDEAL

O andar ideal é descontraído sem ser desleixado, não é muito lento nem muito rápido. Utiliza o corpo inteiro e não apenas os pés. A sua perna inteira deve mexer-se até à anca (não como o de Charlot!). Os seus ombros devem acompanhar os movimentos das ancas. Os seus braços devem baloiçar sem esforço – deixe-os cair e mexer naturalmente.

1. Enfrente o seu novo amigo (a sua imagem no espelho, claro!). Comece por levantar uma perna, sentindo todos os músculos que põe em acção.
Coloque esse pé no chão e levante a outra perna. Leve todo o tempo necessário e estude os movimentos.

2. Sinta todos os movimentos do seu corpo enquanto anda: braços, cabeça, ancas. Cada vez que levanta o pé, mexa a perna inteira – deverá sentir a anca a
mexer.

3. Pratique andar em frente do espelho durante pelo menos cinco minutos por dia.
Nota: Tal como a sua postura pode sofrer com o tipo de cadeira em que se senta para trabalhar (especialmente se for de má qualidade), também o seu andar pode ser deformado se não calçar sapatos adequados. As mulheres baixas tem tendência para calçar sapatos com saltos muito altos, que tornam o seu andar pesado e desajeitado, e magoam os pés e os calcanhares, já para não falar na coluna. Sapatos com saltos de cerca de quatro centímetros não muito bicudos tornam o andar mais elegante e são muito menos prejudiciais à coluna.
Logo que os seus sapatos comecem a estar gastos, mande-os arranjar. Ter saltos e solas em boas condições é essencial para manter uma coluna saudável e um andar fluido e elegante.

Os seus movimentos

Se quer adquirir uma personalidade magnética, os seus movimentos devem ser elegantes e equilibrados.
Digamos que se mexe muito – faz gestos bruscos e exagerados. Tem de aprender a controlá-los e a limitá-los até certo ponto. Na generalidade, os gestos
estrondosos e descontrolados indicam um carácter extrovertido e vistoso que pode ser um tanto cansativo para as pessoas à sua volta. Se estiver nesta categoria, aprenda a moderar os seus movimentos.
Por outro lado, se é uma pessoa introvertida, é provável que seja demasiado comedida nos seus gestos.
Neste caso, terá de aprender a libertar um pouco o corpo. É como se vestisse uma camisa-de-forças emocional e física, que tem obrigatoriamente de
despedaçar se quer libertar o magnetismo e o encanto pessoal.
Controlar os gestos significa automaticamente controlar as emoções, porque os nossos movimentos são um reflexo da forma como nos sentimos.

Tome consciência dos seus movimentos

Seria capaz de descrever os seus gestos? Tem consciência deles? Para poder moderá-los ou amplificá-los, é necessário que tome conhecimento deles. Se tem dúvidas, o seguinte teste irá ajudá-lo a classificar metodicamente a formal como se move emvárias situações.

TESTE: Tome consciência dos seus gestos Aqui se segue uma lista de adjectivos que se podem aplicar aos seus gestos:

Generosos Incertos
Bruscos Lentos
Constrangidos Desastrados
Desordenados Metódicos
Exagerados Precisos
Insuficientes Sacudidos
Rápidos Secos

Responda às seguintes perguntas com três destes adjectivos:

1. Quando se lava de manhã, os seus gestos são:
2. Quando faz as malas, os seus movimentos são:
3. Quando está a preparar-se para sair e vê que está atrasado, os seus movimentos são:
4. Quando está a colar uma peça quebrada, os seus movimentos são:
5. Quando está descontraído, com amigos, os seus gestos são:
6. Quando está a trabalhar e sabe que alguém está a observá-lo, os seus movimentos são:
7. Se está sentado à cabeça de uma mesa num jantar, os seus movimentos são:

Agora tome as qualidades que aparecem três ou mais vezes na sua lista e escreva-as numa folha de papel.
Tem agora um perfil da forma como move o seu corpo. Está preparado para um exercício que o ensinará a ter plena consciência dos seus restos.

23 comentários

  1. Acho que isso vai me ajudar. Sempre me senti meio estranho, mas agora vou mudar algumas coisas, haha.

  2. Gabriel Lima

    Ótimo adorei O curso .

  3. Luana

    Simplesmente PERFEITO o curso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *