Curso – Melhore sua Aparência Física

Como é o seu aperto de mão?

Deve saber que o aperto de mão é um gesto muito importante. É um dos gestos através dos quais as pessoas fazem um juízo imediato sobre alguém.
Seria capaz de descrever o seu aperto de mão? (Se não é capaz de o fazer, peça a alguém para o descrever por si.) Escreva a descrição. O meu aperto de mão é…
Alguma vez apertou a mão a alguém que quase lhe esmagou os dedos? Alguma vez um aperto de mão lhe fez lembrar um peixe – mole, pegajoso e frio?
O aperto de mão ideal deve ser seco e firme. Observe o seu e faça um esforço para corrigir o que for necessário corrigir. Lembre-se sempre de que o aperto
de mão é uma das peças do quebra-cabeças que define a nossa personalidade.

O seu rosto

A primeira coisa que os outros vêem em si é o seu rosto. Pode ter vestido roupas impecáveis, ou ter o andar de Greta Garbo, ter estudado cada gesto seu – se a sua expressão facial se mantiver fechada, se for vaga ou se a boca estiver tensa, não conseguirá de forma alguma atrair os outros.
Passemos, então, algum tempo a discutir sobre a “máscara” que diariamente apresentamos ao mundo exterior. (Sabia que a palavra “personalidade” vem da
palavra “persona” que significa máscara?)

Livre-se dos seus maneirismos

Praticamente todos nós temos certos maneirismos.
Algumas pessoas piscam demasiadamente os olhos, outras franzem as sobrancelhas ou o nariz sem razão ou estão constantemente a morder o lábio, etc. Os maneirismos são manifestações físicas de problemas psicológicos, frequentemente com causas profundamente enraizadas. Que pode fazer para se livrar deles?

Identifique a causa
Idealmente, deveria procurar a causa do seu maneirismo com a ajuda de um terapeuta. “Não vou procurar um psicoterapeuta só por causa de um tique nervoso!”, diz você. Por que não? Se um maneirismo está a arruinar a sua vida fazendo com que pareça ridículo, se as pessoas fazem comentários falsos
ou condescendentes acerca de si – então, faça algo para acabar com isso!
Se, por outro lado, considera que os seus maneirismos são demasiadamente moderados para se tornarem um pretexto para ser ridicularizado, ou se já
conhece a causa deles, então aqui seguem algumas instruções que pode seguir para os controlar, ou até para se livrar deles completamente:
• Deixe cair os seus cabelos de forma a cobrirem o máximo possível do seu rosto. Imagine que os cabelos que lhe tocam na testa e nas faces são
“detonadores de tiques” ligados à corrente eléctrica.
• Consulte um oftalmologista regularmente. É muito importante.
• Use óculos escuros (de boa qualidade, claro) quando o sol está forte – e APENAS para o sol.
• Massaje o seu rosto diariamente, movendo as extremidades dos seus dedos suavemente para cima. Utilize um creme sem gordura (homens também!). Os
cremes com base em vitamina E são excelentes para a pele e não são gordurosos.
• Sorria com frequência, ria alto, deixe-se sentir alegre. Não existe nada melhor do que descontrair-se para se livrar de maneirismos nervosos.

Tenha consciência da forma como olha para os outros

Qual o tipo de olhar que tem? Seguro ou inconstante, caloroso ou gelado, directo, divertido, triste…? Alguma vez contou o número de adjectivos que existem para descrever olhares? São milhares!
Já deve ter reparado que nos romances, seja qual for o seu valor literário, quando se menciona uma única característica pessoal acerca de alguém, são os olhos.
Muitos autores omitem descrições pormenorizadas das suas personagens, mas sempre, sem excepções, fornecem ao leitor alguma indicação sobre o seu olhar – a cor ou a forma de olhar.
Os olhos são o intermediário primário entre o nosso cérebro e o mundo exterior. A mitologia dá-lhes especial consideração – já deve ter ouvido falar do
“terceiro olho” dos Orientais, ou dos Ciclopes na mitologia grega que têm apenas um olho.
Não deve, pois, esquecer-se da maneira como olha para as outras pessoas. O olhar é uma das principais formas de expressão da personalidade.
Como devemos olhar para os outros
A opinião popular decreta que um olhar inconstante reflecte timidez, ou até mesmo uma personalidade desonesta, enquanto um olhar seguro e franco indica automaticamente energia e bondade. Na realidade, as coisas são mais subtis do que isso.

Com frequência, as pessoas tímidas têm uma forma agressiva, quase impertinente, de olhar para os outros.
Sentem-se constantemente na defensiva, convencidas de que os outros as acham inferiores. Então, tentam compensar e afirmar-se, acrescentando o elemento de desdém ao seu olhar. Isto é um erro! Agressividade, desdém, impertinência ou arrogância podem denunciar insegurança tão facilmente como um olhar baixo ou inconstante.
Se está sempre a forçar-se a olhar os outros directamente nos olhos, pode acabar por pôr as outras pessoas pouco à vontade. Por sua vez, elas reagem
fugindo ou tornando-se agressivas.
Deve saber que os mamíferos, nomeadamente os gatos, usam o olhar como preliminar ao ataque, que eventualmente se segue – o primeiro gato a baixar os
olhos assinala a sua submissão ao outro. Diz-se que se olhamos certas espécies de macacos nos olhos, isto os enfurece.
Segue-se um exercício que o ajudará a dirigir e controlar discretamente o fogo dos seus olhos.

23 comentários

  1. Acho que isso vai me ajudar. Sempre me senti meio estranho, mas agora vou mudar algumas coisas, haha.

  2. Gabriel Lima

    Ótimo adorei O curso .

  3. Luana

    Simplesmente PERFEITO o curso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *