Curso de Introdução à Matemática

5 – SISTEMA DE NUMERAÇÃO INDO-ARÁBICO

Esse é o sistema que nós usamos nos dias de hoje, por ser mais simples de representar.
Mas apesar de sua facilidade, houve um tempo em que ele foi rejeitado.

Contando uma história…

Há muito tempo atrás, a maioria dos países usava o sistema de numeração Romano. Mas você já percebeu que ele é bem complicadinho, não é ? Em 809, um matemático chamado Mohammed-al-Khowarizmi conheceu um sistema de numeração que os hindus usavam.
Ele se interessou imediatamente, por contar com dez algarismos (por isso chamado sistema de numeração decimal, ou seja, base dez).
Levou para sua terra, e aperfeiçoou esse sistema, sendo do jeito que nós o conhecemos hoje. Na hora de registrar na história a autoria, houve dúvida: seria esse sistema hindu ou árabe ?
Para não haver briga, passou a se chamar indo-arábico, prestigiando os dois povos. Bom, embora os dois povos citados gostassem muito desse novo sistema de numeração, teve quem odiasse. A Igreja da época chegou a ameaçar punição para quem fizesse uso desse sistema, querendo conservar o até então usado sistema de numeração romano. Mas não houve como resistir. Com a Península Arábica, a África e a Europa aderindo, o resto dos países foi questão de tempo. Até hoje, a grande maioria dos países faz uso do sistema indo-arábico de numeração.

54 comentários

  1. Edcélio Arruda

    gosto muito de matematica

  2. daniele

    adorei..tudo q precisava a ajudar meus alunos

  3. Adriana

    Adorei a ideia de promover cursos a professores…. assim ,temos maior possibilidade de estudar ,aprender melhor para ensinar melhor, resolvendo exercícios e aplicar a nossos alunos.

  4. GESICA DOS SANTOS

    ESTIVE FAZENDO UMA PROVA E FIQUEI EM DUVIDA COM A SEGUINTE PERGUNTA:
    quais os sucessores de 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *