Curso de como usar o Google Earth

Parte 1: menus

Os menus permitem o acesso a funcionalidades básicas do Google Earth. A versão usada neste tutorial contém as seguintes opções:

File: dá acesso aos botões para salvar uma determinada localização (Save e Save As) através de um placemark (explicado mais adiante); contém o botão Revert, usado para voltar pelo caminho que o programa exibiu para chegar de um ponto a um placemark; oferece o botão Save Image para salvar a imagem vista atualmente (somente no formato JPEG); dá acesso ao botão de impressão e ao botão Email View, que permite enviar por e-mail uma foto ou as coordenadas de uma localização através de um arquivo de extensão .kmz (quem receber esse arquivo, poderá ver o local rapidamente ao abrí-lo no Google Earth); há ainda o botão Logout, para desconectar o programa dos servidores do Google e o botão Exit, para encerrar o aplicativo;

Edit: dá acesso às opções de recortar (Cut), copiar (Copy), colar (Paste), deletar (Delete), renomear (Rename) e atualizar (Refresh) placemarks ou outros marcadores; contém o botão Delete Contents, que permite apagar o conteúdo de pastas (vistas mais adiante) criadas pelo usuário; oferece o recurso Save to My Places, que permite adicionar à lista de marcadores do usuário lugares já “pré-marcados” pelo Google Earth (por exemplo, aqueles pontos em vermelho); contém o botão Properties, que permite mudar os parâmetros de um placemark ou de outro marcador após sua seleção; disponibiliza o botão Clear search history, que apaga o histórico de pesquisa de locais; oferece o recurso Find in Places, para buscar localidades na lista do usuário.

Views: oferece as opções de visualização do Google Earth. Com o item Full Screen (também acessível pelo botão F11 do teclado) é possível ver a imagem capturada em tela inteira; através do item View Size é possível escolher resoluções de visualização; o botão Compass mostra/esconde uma bússola no canto inferior esquerdo da área de imagens do programa; o botão Status Bar exibe/esconde a barra de status; o item Lat/Lon Grid exibe/esconde linhas de grade com informações de latitude e longitude; o botão Overview Map mostra em formato de mapa o globo terrestre no canto superior direito; por fim, o botão Play Tur faz com que o programa percorra os pontos marcados através de placemarks;

Add: a opção Add permite adicionar marcadores às localizações encontradas no Google Earth. Assim, é possível acessar rapidamente as imagens de seus locais preferidos. As opções são:

– Placemarks: essa opção permite marcar os lugares de seu interesse. Por exemplo, a localização de sua casa. Usando essa opção, uma janela (mostrada abaixo) permitirá adicionar uma marcação, onde você pode inserir um nome, uma descrição e uma pasta onde o lugar ficará marcado. Clicando em Advanced, é possível personalizar a marcação através da guia Style, onde pode-se alterar a cor, inserir ícones, etc. Ainda em Advanced, há a guia Location e View, que permitem obter informações da localização, tal como latitude e longitude;

Adicionando placemark

– Folder: através de Folders (pastas), é possível agrupar as localizações por meio de uma classificação. Por exemplo, você pode criar uma pasta de nome “Estadios” para guardar todos os placemarks de estádios de futebol que você achou;

– Image Overlay: suponha que você tenha achado o prédio da empresa em que trabalha. Se tiver autorização, você pode inserir uma imagem próximo ao local com o logotipo da companhia. No exemplo abaixo, uma imagem do InfoWester foi inserida em um ponto de São Paulo. Você pode colocar a imagem que quiser, desde que esteja em uma das seguintes extensões: .jpg, .bmp, .tif, .png, .tga ou .gif;

Image Overlay

– Network link: permite adicionar ao programa um link que aponte para um arquivo local, em rede ou na internet que contenha parâmetros de uma determinada localização. Por exemplo, suponha que o site da universidade em que você estuda disponibilize um arquivo do tipo para que os alunos possam localizar rapidamente as imagens do campus da instituição. Basta você clicar em Network link e, na caixa que surgir, inserir o link do arquivo no campo Location;

– Path: permite traçar um caminho sobre o mapa. Esse recurso só está disponível na versão Plus do Google Earth;

– Polygon: permite a utilização de polígonos para definir marcações mais detalhadas. Esse recurso também só está disponível na versão Plus do Google Earth.

Tools: essa opção permite ativar/desativar as ferramentas do Google Earth. No item Measures, é possível traçar uma linha (line) ou um caminho (path) em qualquer ponto da imagem visualizada e o Google Earth retorna a medida, que pode ser em metros, quilômetros, milhas, entre outros. É um recurso interessante para saber a distância de um lugar ao outro ou para saber o tamanho de determinada localidade. Em GPS Device, é possível usar recursos de GPS (Global Positioning System). Essa opção somente está disponível na versão Plus do programa. Ha ainda a opção Web, que integra ao Google Earth um navegador de internet que possibilita encontrar rapidamente qualquer informação sobre uma localização determinada. Em Tools também é possível configurar o Google Earth a seu gosto através de Options;

Help: exibe informações adicionais do Google Earth, como licença de uso, versão, ajuda, além de uma opção (Check for Updates Online) que permite checar se há novas versões do programa.

15 comentários

  1. RELTON

    É uma ferramenta muito últil para divulgação das atividade da instituição.

  2. Dafne Amaral

    gostei bastante mais essa oportunidade dada pelo mundo da tecnologia!

  3. Guilherme Augusto de Oliveira

    Eu estou fascinado com tantas coisas úteis que acha na internet. Eu adoro conhecer coisas novas na minha vida.

  4. juliano bortolomeu

    otimo nunca aprendi tanto, com um curso online..

  5. cicero dias

    Muito bom, parabens!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *