Curso de como elaborar um curriculum corretamente

FUNÇÕES DO CURRÍCULO

Para quem está empregado, o currículo é importante porque pode ser solicitado para apoiar um processo de promoção, para um convite para um novo emprego, para mostrar a clientes e fornecedores. Não se deve nunca descuidar dele, se se quiser causar uma impressão positiva.

Para quem está procurando emprego, o currículo tem duas funções básicas:

  1. é uma ferramenta para gerar entrevistas de emprego
  2. serve de guia para os seus entrevistadores

Portanto, facilite a vida do seu entrevistador. Procure responder, no currículo, as perguntas para as quais os entrevistadores querem resposta. E o quê, afinal, os entrevistadores querem saber de um candidato a emprego?

O que você quer?
Para responder a esta pergunta, o seu currículo deve comunicar claramente, e especificamente, quais os seus objetivos. Coloque um sumário sucinto e claro de suas expectativas.
Ex: cargo executivo na área industrial (estilo mais aberto) ou diretor/gerente da área industrial (estilo mais específico).

Por que você quer?
Mostre por que razão você considera merecer o cargo que está pretendendo. Seu currículo deve enfocar o objetivo. Aqueles itens da sua carreira que não ajudam a justificar o foco central do seu currículo devem ser menos enfatizados, ou não incluídos. Por exemplo, se o seu objetivo é ser diretor industrial e você trabalhou durante um ano para um empregador em vendas de produtos de consumo, esta experiência deve ter menção mínima ou não constar do sumário.

Em que você contribuiu?
Destaque as atividades que você desempenhou em cada emprego e que resultaram em retorno para a empresa, seja institucional, financeiro ou de relacionamento de mercado. O seu potencial empregador quer saber, logo à primeira vista, se você é um empregado que traz resultados para a empresa ou se apenas cumpre o seu papel.

Você se organiza e planeja para alcançar objetivos?
Um currículo bem organizado, com seqüência lógica, mostra a sua habilidade de organizar atividades e tarefas, e o fato de saber o que quer mostra ambição e vontade de atingir esses objetivos.

Este artigo foi publicado originalmente nas edições 8 e 9 do jornal virtual Carreira & Sucesso.
Você se comunica?
Usar frases curtas é uma maneira eficiente de demonstrar objetividade e concisão. Utilize o mínimo de palavras. Evite advérbios subjetivos como extremamente, fortemente e outros. Inicie frases com verbos de ação, como construí, reduzi, aumentei, implantei, administrei, supervisionei, melhorei, expandi, organizei, treinei, encontrei, descobri, planejei etc. Mas ao mesmo tempo em que os verbos podem vir na primeira pessoa, evite utilizar o pronome pessoal eu; ele passa impressão ofensiva de falta de modéstia quando usado em demasia. Ao redigir, tente criar uma impressão moderna, positiva, agressiva e direcionada a realizações. Os entrevistadores analisam pilhas de currículos e precisam entender rapidamente, na primeira leitura, exatamente o que você pretende, por que e com que objetivos. Faça um esforço de preparação para economizar o esforço de leitura deles. Isto pode resultar em ponto positivo para você.

Você é positivo?
Um currículo deve falar bem de você, claro que com base na verdade. Por isso, enfatize os pontos positivos. Ninguém quer ler informações tristes, de pessoas que choramingam. Mostre aspectos marcantes primeiramente e deixe os aspectos menos relevantes para o final. Atinja o entrevistador com um impacto positivo logo no início da leitura.

8 comentários

  1. cristiane pereira

    Muiiiiiiiiiiiiito bom!
    Obrigada pela ajuda!

  2. SANDRA REGINA SOUZA DA COSTA

    Amei o curso, ele é maravilhoso para orientação de quem precisa se atualizar.

  3. thaina

    gostei muito desse curso me ajudou muito para tirar as minhas duvidas anotei tudo direitinho no meu caderno para não esquecer desse curso valioso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *