Curso Grátis Business Intelligence

Veja abaixo algumas definições sobre o que é Business Intelligence.

O termo Business Intelligence foi criado pela empresa dos Estados Unidos, Gartner Group, nos anos 90.

Definição:
O BI (Business Intelligence) tem várias definições por parte de especialistas.

Dados e Informação:
De maneira geral, pode-se dizer que BI é o processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que dão suporte a gestão. BI transforma dados em informação, e informação em conhecimento.

Tomada de Decisão:
O BI tem como finalidade fazer a integração de aplicativos e tecnologias para extrair e analisar dados empresariais de forma simples, no tempo e formato corretos, auxiliando a tomada de decisão de executivos.
BI e a Globalização
Clientes estão mais exigentes com a qualidade e a prestação de serviço sobre os produtos.
A tecnologia da informação, evoluindo cada vez mais, exige das empresas uma reformulação na análise e condução de seu ambiente (interno e externo), tentando antecipar suas ações junto a clientes, fornecedores, etc.
Esses dois fatores combinados ajudam a entender o contexto do Business Intelligence.
A metodologia de implantação é fundamental para inserir o BI na empresa.

BI – História
O conceito do que é BI já era utilizado pelos povos antigos. Por exemplo, no Oriente Médio, as antigas civilizações utilizavam os princípios de BI quando cruzavam informações obtidas na natureza em benefício de suas aldeias. Eles observavam e analisavam o comportamento das marés, períodos de seca ou chuvosos, posição dos astros, entre outros. Com isso obtinham informações que eram usadas para a tomada de decisões em suas comunidades.
Final do século XIX – Caracterizado por uma desaceleração da economia. Isso só foi revertido na virada do século, com uma mudança econômica mundial, com a abertura de novas áreas de investimento. Surgiram a energia e motores elétricos, química orgânica e sintéticos, motor de combustão interna e dispositivos automotores, indústria de precisão e produção de linhas de montagem, que receberam o título de Segunda Revolução Industrial.
A partir daí o sistema capitalista se consolida, iniciando-se aumento de produtividade e consequente acúmulo de capital. E surge a indústria eletromecânica, unindo ciência e tecnologia. É uma etapa inovadora, ocorrendo mudanças nos negócios.
Muitas empresas conseguem se adequar, criando e adaptando suas necessidades, outras não têm tanta sorte e acabam sendo extintas. Esta nova era trouxe uma necessidade de organizar o crescimento e o uso da informação, para que os recursos sejam utilizados de forma produtiva e eficiente. A informação passa a ser associada a um valor.
Mas esse valor só é apresentado se for associado a um conjunto de outras informações e se tornando essencial em um processo de decisão. É a Inteligência de Negócios, que vem se tornando ferramenta fundamental na Gestão Empresarial.

Antes do BI –
Uma evolução dos Sistemas Integrados foram os Sistemas Integrados de Gestão, conhecidos como ERPs – Enterprise Resources Planning (Planejamento de Recursos de um Empreendimento). As companhias conseguiram através dos ERPs mais agilidade e precisão no processamento, com retornos de curto, médio e longo prazo. Mas faltava algo que ajudasse a análise de informação.
Eram informações que estavam armazenadas em banco de dados e acabaram esquecidas. Então surge o Business Intelligence, solucionando a ordenação e aproveitamento das informações geradas na empresa.

Obs: ERP – É um software que abrange a empresa como um todo, da produção às finanças. Surgiram no final do século XX, prometendo otimizar ainda mais os processos empresariais.

O que é BI
É um termo muito utilizado, mas ainda pouco compreendido. Não há uma definição única. É um conceito que diz respeito à gestão empresarial.

Entre as definições, pode-se encontrar:

  • “Conjunto de softwares que ajudam em soluções estratégicas”;
  • “É a utilização de variadas fontes de informação para se definir estratégias de competitividade nos negócios da empresa”;
  • “Injetar inteligência nas informações latentes nas empresas para traduzir medidas tangíveis em estratégia e objetivos para a empresa”;
  • “É um processo que envolve a coleta, análise e validação de informações sobre concorrentes, clientes, fornecedores, candidatos potenciais à aquisição, candidatos à joint-venture e alianças estratégicas. Inclui também eventos econômicos e políticos que tenham impacto sobre os negócios da empresa. O processo de BI analisa e valida todas essas informações e as transforma em conhecimento estratégico”.

Essa última definição pode ter um adendo: para montar uma ferramenta confiável para análise de informação é importante ter equipamentos (hardwares) e sistemas de informação (softwares) compatíveis à estrutura da empresa.
Conhecimento do negócio nesta era de competição global e de comunicações online, passou a ser chamado de BI ou IN (inteligência de Negócios). A inteligência é resultado de um processo que começa com a coleta de dados. Esses dados são organizados e transformados em informação. Um bom projeto de BI deve ser feito por módulos, com a construção de Data Marts (depósito de dados departamentais, por exemplo, Data Mart de marketing).
Uma abordagem mais corporativa, com a construção de um grande Data Warehouse já provou ser um risco, pois o projeto se torna longo (mais de um ano) e caro (centenas de milhares de dólares).
Já um projeto com abordagem departamental deve ser feito com cuidado para haver integração total entre os Data Marts. O projeto de BI é bastante complexo e deve ser feito a partir da análise de informações do cliente.
Existem casos de fracasso na implantação do BI. Geralmente acontece quando há falha antes de implementar o projeto, por permitir que a empresa organize os dados antes de estabelecer a prioridade e quais benefícios se espera conseguir. O sistema não atua em pontos estratégicos e acaba sendo pouco utilizado, não se obtém o retorno esperado sobre o investimento.

Um comentário

  1. muito bom o curso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *