TAEKWONDO – Visão Geral e onde Praticar

HISTÓRIA DO TAEKWONDO

O Taekwondo surgiu aproximadamente há 2500 anos atrás, originário do aprimoramento de várias lutas praticadas nos reinos coreanos, como o Soo Bak, So Bak Hee, Tae Kyon, e outros.
A Coréia era dividida em três reinos: Koguryo, BaeK-Je e o menor deles, Sila. Este último sofria constantemente invasões e saques dos outros reinos. Foi então, que jovens aristocratas e militares reuniram-se e formaram uma tropa, para defenderem-se dos invasores, a qual deram o nome de Hwarang Do.

Taekwondo

Seu código de honra era:
* Obediência ao Rei;
* Respeito aos pais;
* Lealdade para com os amigos;
* Nunca recuar ante o inimigo;
* Somente matar quando não houver alternativa.

Apartir dai aprimoraram-se no uso do arco e flecha, da lança e da espada, acrescentando ainda o uso dos pés e das mãos como forma de lutar (Tae Kyon), como também a disciplina mental, tornando-os quase invencíveis.
Com a adoção da força física aliada a força mental, o reino de Sila conseguiu unificar os demais, surgindo dessa união o que conhecemos hoje por Coréia.
Por volta de 1909 a 1945 a Coréia foi dividida e ocupada pelos japoneses. Durante esse período os invasores proibiram a prática do Tae Kyon, enquanto o Karatê era difundido pela Coréia e pelo mundo inteiro, ganhando projeção e popularidade como arte marcial praticada nos países do Oriente.
Após a retirada dos japoneses, em 1945, a Coréia voltou a praticar a arte marcial de sua preferência.
Dez anos depois da Guerra de 1955, o General Choi Hong Hee conseguiu unificar as várias escolas existentes mudando o nome da arte marcial para Tae Soo Do, mas logo em seguida foi adotado o nome definitivo de Taekwondo, oficializado em 1971, na República da Coréia.
Em Junho de 1970 foram enviados ao Brasil para difundir e implantar o Taekwondo, o General Choi Hong Hee e o Grão Mestre Sang Min Cho, 8º Dan. Este último fundou a primeira academia no Brasil, a atual academia Liberdade em São Paulo. Houve várias dificuldades como: o idioma Português, a forma verbal de comunicação, e os hábitos e costumes do povo brasileiro. Entretanto as dificuldades foram superadas em tempo rápido muito antes do previsto.

Depois chegaram outros mestres:

* Woo Jae Lee – para os cariocas;
* Chang Seun Lim – para os mineiros;
* Jung Do Lim – para os baianos;
* Soon Myong Choi – para os brasilienses;
* Ju Iol Oh – para os pernambucanos;
* Te Bo Lee – para os gaúchos;
* Hong Soon Kang – para os paranaenses;
* Sung Jang Hong – para os capixabas.

14 comentários

  1. reeh

    muito bom ….e é isso ai msm 🙂

  2. Beleza pessoal, simplesmente fiquei sabendo a respeito do seu blog por Google, e achei que esta sendo muito informativo.Congratulacoes pela boa vontade de nos presentear esse material cheio de consistencia.Ate logo aos amigos, nos vemos blz.SEE U

  3. Existe aulas de tae-kwon-do em escolas publicas e projetos.

  4. Alex Maier

    Bom pessoal,meu nome é Alex Maier e fui instrutor, de Tae Kwon Do,
    por um bom tempo. Mas venho através desta informar aos pais que a
    prática desta arte marcial afasta os praticantes das drogas e da
    violência que predominam nas ruas e escolas do nosso dia-a-dia.
    Também trabalha o corpo e a mente deixando o praticante auto-confiante
    e perseverante frente aos empecílhos que enfrentamos nas etapas da vida
    Ótima arte para adultos e crianças, homens e mulheres.
    Desenvolve também a disciplina, educação e respeito, que nos dias de hoje está sendo cada
    vez mais esquecida pelos nossos jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *