Aula: Análise Dinâmica do Capital de Giro

Saldo de Tesouraria e Efeito Tesoura

Saldo de Tesouraria (ST):

  • É o endividamento líquido de curto prazo da empresa.
  • Ou seja, não adianta ter dinheiro em caixa se há dívidas financeiras de curto prazo.
  • O que interessa é o saldo financeiro líquido da empresa, medido pela diferença entre o ativo e o passivo financeiros (erráticos).
  • O saldo de tesouraria também representa um valor residual que corresponde a diferença entre o CDG (Capital de Giro) e a NCG (Necessidade de Capital de Giro).
  • ST = Ativo Financeiro – Passivo Financeiro Ou ST = CDG – NCG
  • Se o Capital de Giro não for suficiente para financiar a Necessidade do Capital de Giro o Saldo de Tesouraria vai ser negativo.
  • Isso vai levar a empresa a financiar parte da NCG com fundos de curto prazo, o que vai aumentar seu risco de insolvência.
  • Já no caso contrário, com o saldo positivo, a empresa vai dispor de fundos de curto prazo que podem ser aplicados em títulos de liquidez imediata, por exemplo.
  • Se o ST está muito elevado pode significar que a empresa não tem uma estratégia de investimentos, desperdiçando as oportunidades.
  • Resumindo, o ST mede o risco em curto prazo da empresa.

Um comentário

  1. flavio jose queiroz da silva

    muito bom curso pelo email ajuda muito valew.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *