A Psicologia da Mentira

  • Bumerangue psicológico: Com esta técnica, você diz à pessoa que ela fez algo bom, e não mau. Assim, ela ficará, completamente livre para lhe dizer toda a verdade. Exemplo de uso:

Suspeita: Você suspeita que fulano (a) está roubando sua empresa.
Pergunta incorreta: “Fulano (a), você anda me roubando?”
Pergunta correta: “Ei, Fulano (a)! Acho que podemos nos tornar sócios muito ricos! Parece que você, ultimamente, tem ‘passado à perna’ em mim, mas está tudo bem. Nós podemos trabalhar juntos, seu (sua) espertinho (a)! Me conte mais sobre suas incríveis técnicas… Quero aprender tudo!” Você quer aparentar que está contente por saber o que a pessoa está fazendo. Ela não terá saída e vai se abrir para você.

Outro exemplo: (Utilizado em entrevistas para emprego)
Suspeita: Você suspeita que o candidato à vaga oferecida mentiu sobre as informações em seu currículo.
Pergunta incorreta: “Fulano (a), você andou colocando informações falsas em seu currículo?”

Pergunta correta: “Fulano (a), nós dois sabemos que todo mundo inventa um pouco sobre seu currículo. Pessoalmente, acho que isso demonstra coragem, porque a pessoa não tem medo de assumir novas responsabilidades. Me diga, quais partes em que você foi mais criativo no seu currículo?”

73 comentários

  1. Edna Soares Dos Santos

    Gostaria de fazer o curso psicologia da mentira.
    Ainda não fiz.

  2. bruna

    Meu amigo fez e amou, agora é minha vez de saber quem está mentindo!

  3. Ataisa

    Gostaria de saber quando as pessoas estão me enganando, e acredito que este curso seja ideal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *